Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Retrospectiva: relembre tudo o que aconteceu no curso de Educação Física em 2020

Retrospectiva: relembre tudo o que aconteceu no curso de Educação Física em 2020

por Fernanda Kian publicado 21/12/2020 15h46, última modificação 21/12/2020 16h43

21/12/2020 15h46 - última modificação 21/12/2020 16h43

Retrospectiva: relembre tudo o que aconteceu no curso de Educação Física em 2020

O ano de 2020 já está chegando ao fim. Por isso, fizemos uma entrevista com a professora Tatiana Trevisan e equipe de professores para relembrarmos as atividades que o curso de Educação Física promoveu. 

Confira: 

1. Quais atividades foram realizadas durante o ano?

Iniciamos nosso ano com aulas presencias e, logo na metade de março, devido as determinações do governo do Estado, que indicavam como ação preventiva ao contágio do COVI-19, o afastamento social e, com isso, aulas virtuais. A partir deste momento, todas as atividades acadêmicas foram adaptadas para o formato remoto. Aprendemos uma nova docência mediada totalmente pelas tecnologias, recriamos nossas aulas e o modo de desenvolver as disciplinas e não paramos um único dia. Por meio da plataforma virtual da Instituição, acadêmicos e professores se encontraram nos mesmos dias e horários das aulas presenciais através de aulas síncronas (ao vivo), para que nossos semestres se desenvolvessem da melhor maneira possível. As aulas, tanto teórico como práticas, foram recriadas, especialmente no 1º semestre que foi totalmente virtual. As avaliações precisaram ser repensadas e reestruturadas, considerando a nova realidade. Também foi preciso rever a forma de aplicação das atividades práticas, que na maioria das vezes, ocorreu de forma on-line. Com isso, muitas ideias nasceram dessas dificuldades, tornando-se possibilidades que, certamente, perdurarão.

Os professores buscaram capacitar-se cada vez mais para manter a qualidade das aulas e aprender a dominar as ferramentas virtuais, aproveitando para participar de cursos e palestras online para atualização em relação aos conteúdos e novos métodos de ensino.

As reuniões de trabalho também foram realizadas no modelo remoto. Durante o ano, fomos percebendo as vantagens da utilização de videoconferências, uma vez que os professores do curso também ministraram palestras em eventos virtuais e participaram de bancas de mestrado de instituições de outros Estados, não havendo a necessidade de deslocar-se até essas cidades para estarem presentes.

Muitas vezes, esse nosso novo modelo de ensino foi chamado, erroneamente, de EAD. Entretanto, é preciso entender que essas duas maneiras, apesar de ocorrerem por plataformas virtuais, são diferentes. No EAD, o aluno assiste aulas gravadas no horário que quiser, não havendo a obrigatoriedade de estar presente ao vivo junto com o professor em horários semanais fixos. O ensino remoto que adotamos busca aproximar-se do que temos no presencial, priorizando a manutenção das nossas rotinas semanais de aulas e outras atividades, conforme nosso quadro de horários das disciplinas. Dessa forma, todas as aulas ocorreram semanalmente, em horários fixos, com professores e alunos conectados ao vivo. Assim, a interação é maior, tanto entre professores e alunos como entre os colegas. Caso houvessem dúvidas nas aulas, eram esclarecidas diretamente com o professor durante a aula. Esse contato semanal simultâneo facilitou a manutenção dos vínculos que temos com os acadêmicos, o que é diferente do EAD, uma vez que nesse tipo de ensino, por vezes, os alunos não conhecem os professores. Isso nos leva a crer que o modelo de ensino que desenvolvemos é muito mais próximo do que distante.

Todos os Setores se adaptaram, criaram informativos de acesso ao Portal do Aluno, Como acessar o Moodle, o Collaborate, como contatar a Central de Atendimento que até a metade do segundo semestre deu-se exclusivamente pelo chat online e por e-mail, como saber o número de matrícula, boleto, serviços, biblioteca virtual, entre outros.

 

2. Quais foram os desafios?

Os desafios foram enormes, tanto para os docentes, quanto para os acadêmicos. O uso das tecnologias exigiu um rápido aprendizado. Para os docentes, além de precisar reformular todo o planejamento das aulas e atividades do semestre, também foi preciso realizar muitos cursos de capacitação e aperfeiçoamento. Já, para os alunos, creio que a maior dificuldade esteve relacionada a nova forma de se organizar. Nossos alunos, não eram (talvez ainda não sejam) preparados para o autogerenciamento de suas atividades e rotinas, uma vez que passaram a ser realizadas 100% dentro de suas casas através de uma tela de computador, e muitas vezes, até pelo celular. É preciso muito amadurecimento, organização e disciplina para absorver os conteúdos e manter a concentração nas aulas, atendendo toda a demanda que o ensino remoto impõe. Esse aprendizado dependeu muito do professor, mas a responsabilidade do aluno nesse processo aumentou.

Outro desafio diz respeito ao acesso à internet de qualidade e equipamentos adequados para suportar as plataformas de aulas virtuais e de conteúdo das aulas. Além, é claro, do espaço adequado para assistir às aulas. Em muitos casos, o aluno assistia a aula em lugares comuns da casa, dificultando a sua concentração.

As tecnologias se tornaram uma aliada e um desafio constante. Não apenas para nós, os professores, mas para nossos acadêmicos. Enfrentamos diversas dificuldades: ter internet com velocidade suficiente (que oscila a depender do tempo, chuva, vento, etc), ter energia elétrica funcionando, dispor de um ambiente favorável e sem barulho, saber utilizar as plataformas, se acostumar com o uso delas de forma cotidiana, ter motivação para as aulas, lidar com a ansiedade pessoal e de nossos acadêmicos.

- Manter os programas de extensão em funcionamento.

Mantivemos o Programa Eterno Aprendiz, para pessoas maiores de 45 anos com aulas pelo ambiente virtual, objetivando mantê-los em atividades e menor estresse possível. Aprender as tecnologias é desafiador, imagina para pessoas com 60, 70, 80 anos. Com a condução pacienciosa e dedicada dos professores do Programa, estamos com aulas virtuais no Programa todas as tardes da semana. http://metodistacentenario.com.br/programa-de-extensao-eterno-aprendiz-oferece-vagas-para-novos-alunos

- Programa Dança FMC

Programa Dança FMC se reinventou e conduziu suas aulas por plataformas virtuais, criando, inclusive, de forma inédita uma videodança intitulada Transitorial http://metodistacentenario.com.br/grupo-de-danca-vinculado-a-fmc-lanca-video-em-homenagem-aos-gauchos

- Conseguir aplicar os conteúdos em situações de prática, considerando os protocolos de higiene e distanciamento. Esse foi um grande desafio, uma vez que o curso de Educação Física é baseado no ensino de funções essencialmente práticas, que baseiam-se no movimento em suas diferentes manifestações. Para superar essa dificuldade, os professores demonstraram alguns exercícios ou atividades práticas por meio de vídeos nas aulas online. Além disso, em algumas disciplinas de esportes coletivos, foi solicitado aos alunos que tentassem realizar algumas atividades práticas no espaço que eles tinham em casa e com o material que dispunham, enviando vídeos ao professor. Na disciplina de handebol, os alunos foram desafiados a construir uma bola caseira com materiais que tivessem em casa, e o resultado foi fantástico. Outra estratégia que teve um resultado muito satisfatório foi a construção de maquetes para representar equipes de voleibol, as quais foram utilizadas em aula para os alunos simularem as movimentações dos jogadores e entenderem os sistemas táticos, facilitando o aprendizado de um conteúdo mais difícil.

Essas tarefas, além de possibilitar a prática e exigir criatividade e autonomia, permitiram aos acadêmicos exercitar a capacidade de comunicação e desenvoltura diante da câmera. Essas habilidades são muito importantes atualmente para futuros profissionais, uma vez que as redes sociais tornaram-se, ainda mais, meios de divulgar o trabalho que realizam, dando visibilidade e aumentando as chances de conquistar mais espaço no campo de trabalho. Outro ponto positivo que pode ser destacado em relação a esse aspecto é que essas tarefas, muitas vezes, também serviram de incentivo para que os membros da família também se envolvessem nas atividades realizadas, estimulando o movimento de crianças e adultos em casa, num momento em que as atividades físicas ficaram limitadas em função da necessidade de distanciamento social.

A Educação Física da FMC foi o único curso de graduação da cidade a implementar o retorno às aulas práticas presenciais de esportes na natureza, aquáticos, individuais, coletivos e adaptados, ginástica e fitness no segundo semestre letivo. Para isso, foi necessário um grande esforço dos setores responsáveis para providenciar todos os documentos e solicitar as autorizações necessárias junto à prefeitura, organizar todo o espaço e os materiais necessários, preparar toda a equipe envolvida (professores, técnico-administrativos e funcionários da limpeza), além de orientar os alunos em relação à todos os procedimentos de segurança. Essas práticas foram muito importantes para testarmos como as aulas iriam funcionar, possibilitando adequar aquilo que não estava ocorrendo conforme o previsto. Dessa forma, estamos mais preparados para dar continuidade ao retorno gradual das atividades presenciais enquanto forem necessários todos esses procedimentos.

Nas disciplinas de Esportes Coletivos, com a possibilidade de retorno às aulas práticas, no 2º semestre letivo, o desafio foi planejar e conduzir aulas apenas com atividades realizadas de forma individual. De acordo com os protocolos de segurança exigidos, cada aluno deveria utilizar uma bola, uma vez que os materiais não poderiam ser compartilhados. Foram aulas diferentes daquelas que estávamos acostumados, porém, também representaram um novo aprendizado e possibilitaram algo que foi muito esperado por todos durante o ano: o reencontro presencial. Experimentar esse processo foi uma grande alegria e incentivo para todos.

 

3. O que destacaria de mais interessante?

O envolvimento e valorização da forma como os acadêmicos que participaram das atividades se envolveram, bem como a felicidades dos mesmos em um momento de estarem presencialmente, mesmo obedecendo os protocolos.

a) Vídeo produzido pelos acadêmicos de TICs – 1º semestre de 2020: https://www.linkedin.com/posts/catiazambuja_tics-educaaexaetofaedsica-desafio-activity-6682748180527886336-HbAB

b) Série Conhecendo a Educação Física – 1º semestre de 2020

Postagens estão no Instagram do Curso

c) Defesas de TCC online – 1º e 2º semestres. Orientações e coletas de dados realizadas através de plataformas virtuais: https://www.linkedin.com/posts/catiazambuja_tcc-graduaaexaeto-ensinosuperior-activity-6675160415699275776-OC3B

d) Séries no Instagram do Curso

#EmAção – Projetos das disciplinas executados durante o semestre.

#Podium – Egressos do curso

#Parceiros – Pessoas físicas e jurídicas que auxiliam na realização das atividades práticas

#Énosso – Reedição da série conhecendo a ed. física

#TBT – Lembranças do curso

#Estelares – Alunos do curso com destaque

e) Webniars Educação Física 20.0

Uma semana inteira em dois turnos diários de evento virtual, com mais de 20 palestrantes nacionais e internacionais. http://metodistacentenario.com.br/webinars-educacao-fisica-20-0-sera-realizado-em-junho

f) Jornada Acadêmica do Curso

Oficinas e apresentações e publicações de trabalhos com a participação interna e externa à faculdade. http://metodistacentenario.com.br/inscricoes-abertas-para-a-10a-jornada-academica-do-curso-de-educacao-fisica

g) Reorganização das práticas das disciplinas, por exemplo na de Exercícios Físicos para Populações Especiais. Pensamos que, tão importante quanto a aplicação prática, é pensar na preparação e organização destas sessões práticas. Assim, tanto no 1º semestre quanto no segundo, com muito esforço, dedicação e união (organização, correção) produzimos e publicamos no formato e-book um Caderno que denominamos de FORMAÇÃO: Anamneses e Exercícios Físicos para Populações Especiais. Publicação do 1º Semestre: http://metodistacentenario.com.br/curso-de-educacao-fisica-desenvolve-material-com-anamneses-e-exercicios-fisicos-para-populacoes-especiais

Publicação do 2º Semestre: ainda em fase final de elaboração. Será publicado no site em breve.

h) Mesmo com o distanciamento social, pensamos que recreação e lazer são fundamentais para a qualidade de vida de qualquer pessoa. Assim, produzimos a nossa 24ª Coletânea de Atividades Recreativas e a disponibilizamos no formato online no site da Faculdade para toda a população. http://metodistacentenario.com.br/alunos-do-curso-de-educacao-fisica-produzem-24a-coletanea-de-atividades-recreativas

i) Programa Dança FMC se reinventou e conduziu suas aulas por plataformas virtuais, criando de forma inédita uma videodança intitulada Transitorial: http://metodistacentenario.com.br/grupo-de-danca-vinculado-a-fmc-lanca-video-em-homenagem-aos-gauchos

j) Cumprimento do calendário acadêmico, não prejudicando o cronograma de aulas, e dessa forma, não influenciando no período de férias dos alunos e nos planos dos formandos.

k) Criação de vídeos dos alunos na disciplina de Educação Física e Patologias para trabalhar os conteúdos de doenças mentais e câncer de próstata (Setembro Amarelo e Novembro Azul).

Setembro Amarelo: http://metodistacentenario.com.br/alunos-do-curso-de-educacao-fisica-produzem-video-alusivo-a-campanha-201csetembro-amarelo201d

Novembro Azul http://metodistacentenario.com.br/academicos-de-educacao-fisica-produzem-video-em-alusao-ao-novembro-azul

l) A comunidade acadêmica da FMC participou de um estudo multicêntrico nacional sobre o impacto da pandemia no estilo de vida. http://metodistacentenario.com.br/faculdade-metodista-centenario-participa-de-pesquisa-sobre-o-impacto-da-pandemia-da-covid-19

 

4. O que foi mais marcante?

O espírito de união do grupo de trabalho. Os professores do Curso de Educação Física fizeram uma rede de colaboração entre si. Foi uma verdadeira força-tarefa para a organização das aulas remotas, em tempo recorde. A cada nova descoberta, todos eram informados das possibilidades de aplicação.

A realização dos eventos no formato virtual. Embora distantes fisicamente, houve prática, emoção, envolvimento, música (show), oportunidade de encontros e trocas de conhecimento entre professores e alunos de diferentes disciplinas, depoimentos durante e pós eventos e surpreendentes aberturas de todos os microfones para aplausos coletivos.

O resultado desse ano de trabalho foi um imenso aprendizado, a sensação de que conseguimos superar os desafios, nos reinventar, ressignificar o ensino e alcançar os alunos, que também estão finalizando o ano mais fortalecidos, pois não desistiram diante de todas as adversidades.

 

5. Quais são os planos e desafios para 2021?

Estamos prontos para enfrentar mais um semestre de ensino remoto, caso seja necessário. Há de se pensar nas relações com os alunos daqui para frente, pois a partir da pandemia, estabeleceu-se um novo ordenamento. Um curso superior tem muito mais a oferecer do que somente a capacitação técnica da área. Outras competências exigem ser trabalhadas e estimuladas nos alunos. É um momento de ressignificação das atitudes de todos os agentes envolvidos na formação superior, desde institucionais, quanto dos professores e dos alunos.

Busca de novas possibilidades de conduzir nosso trabalho, sempre com o foco principal na qualidade e aprendizagem do nosso acadêmico.

Estamos esperançosos com o retorno gradual das aulas presenciais. Entretanto, o formato presencial não será mais como antes depois de tanto aprendizado e inovação. Muitos recursos que foram aprendidos poderão continuar a ser utilizados, por exemplo: participações remotas de professores convidados de qualquer lugar do país; maior interação nas redes sociais e maior utilização dessas ferramentas para atividades de ensino; aplicação de provas diretamente no ambiente virtual, facilitando o trabalho de correção, uma vez que a plataforma corrige e emite a nota do aluno imediatamente após o término do período de realização da avaliação; recebimento de trabalhos via plataforma virtual; visualização de notas de cada avaliação no ambiente virtual, etc.

Somos um Curso que tem como característica a relação próxima com os nossos alunos. Adoramos estarmos todos juntos nas nossas atividades cotidianas, nos nossos eventos culturais e esportivos. Dessa forma, acreditamos que o nosso desafio para 2021 será persistir com motivação mais um tempo de espera para os encontros na faculdade, nas aulas, nas conversas pelos corredores, no café na cantina na hora do intervalo, e para que possamos estar bem próximos novamente e nos abraçar.